Resenhas

O Vampiro Lestat, de Anne Rice

23 de janeiro de 2015

IMG_4232

O Vampiro Lestat, segundo volume das Crônicas Vampirescas, publicado pela Editora Rocco em 1999, traz a história de um dos imortais mais famosos que existem no mundo da literatura fantástica. Com este livro o jovem vampiro francês tornou-se o personagem principal de toda a série há pouco citada e ganhou voz para contar sua vida antes e após a imortalidade através da envolvente narração de Anne Rice, autora do já conhecido livro Entrevista Com O Vampiro.

huahfLestat De Lioncourt é um jovem cheio de vida e sonhos que vive em um castelo junto a sua família. A edificação solitária deixada como herança por seus antepassados é lar de inúmeros conflitos entre Lestat e seus familiares. A exceção é Gabrielle, mãe adorada e amiga. Cansado das diferenças relacionadas ao pai e aos irmãos Lestat decide partir por uma nova vida e junto a um amigo violinista vai para a cidade de Paris para tornar-se ator de teatro. Apesar de toda a alegria de Lestat dentro do teatro ele jamais poderia prever que numa noite em que se apresentava a grande mudança de sua vida chegaria numa forma pálida, fria e misteriosa. Lestat atraiu o olhar de Magnus, um vampiro antigo que acaba se encantando por ele e o concede o dom da vida eterna. Sem a instrução do seu criador Lestat acaba descobrindo um mundo inédito através de sua nova existência. Ele havia morrido como humano, mas sua vida como vampiro ganhara o primeiro dia. Agora herdeiro de uma incalculável riqueza e dono de uma força sem igual ele inicia sua jornada pelo mundo vampiresco, jornada essa que o leva ao encontro de um jovem fazendeiro rico de Nova Orleans sem expectativa de vida e de uma menininha à beira da morte, ambos futuros filhos e companheiros das trevas já conhecidos pelos leitores e fãs da série criada por Anne Rice. Através de encontros com vampiros poderosos Lestat acaba ganhando conhecimento sobre sua espécie, sobre os primeiros vampiros do mundo e nos deleita com sua busca incansável pelo certo e errado, pela razão de sua nova vida, pela existência de Deus e pelo amor.

IMG_4279

IMG_4255

Livros como O Vampiro Lestat deveriam ser mais encontrados e publicados. É o tipo de história que não existe apenas para ser mais um conto dentro de páginas a ser lido. Ela existe para tornar seus leitores fieis a um determinado personagem e seu autor. A figura do vampiro é bem conhecida por todos, mas ao ler este livro foi como se essa figura fosse apresentada para mim da forma mais real possível. Anne Rice conseguiu refinar e engrandecer o mundo dos vampiros. Em meio a conhecida sede por sangue e a intolerância ao sol seus vampiros possuem desenvolvimentos verdadeiramente envolventes.

“(…) e então ele se reclinou e eu senti a ferroada de seus dentes em meu pescoço. (…). E um grande ruído estava ecoando à minha volta, envolvendo-me, o som grave de um gongo talvez, sendo batido bem devagar, em ritmo perfeito, com sua vibração me invadindo, fazendo com que eu sentisse o prazer mais extraordinário por todo o corpo. (…). Êxtase. Eu disse a palavra e ela me pareceu clara, esta palavra única (…).”

Pouquíssimos personagens conseguiram a façanha de Lestat: ser herói e vilão para os que o amam ou não. Com ele é possível descobrir que não há regras ou limites na busca pelo conhecimento. Apesar de ser um vampiro Lestat acaba apresentando ao leitor a beleza em não ser perfeito, em não precisar se encaixar a um círculo específico ou pertencer a um determinado lugar. Todos temos medos e anseios e a cada encontro com alguém, a cada experiência, a cada instante escrevemos um novo capítulo de nossas próprias histórias.

IMG_4218

“(…) – O que é, Marius?

         – Fale-me honestamente – ele disse. – Você lamenta que eu tenha ido procurá-lo no Cairo? Lamenta que o tenha trazido para cá?

        – Como poderia? – perguntei. – Só lamento por estar indo embora. E se eu não puder encontrá-lo de novo ou você não me encontrar?

       – Quando chegar o momento eu o encontrarei – ele disse. – E lembre-se sempre: você tem o poder de me chamar (…).

Havia tanta coisa para dizer e eu não falei nenhuma palavra. Nós nos abraçamos durante um longo momento, em seguida me virei e comecei a descer devagar, sabendo que ele compreenderia o motivo pelo qual não olhei para trás.” 

IMG_4261

IMG_4298

Existem muitos livros bons sobre vampiros, mas ainda não encontrei nada tão completo e belo quanto As Crônicas Vampirescas. Basta ler apenas um livro delas para se apaixonar eternamente pela escrita de Anne Rice e pelo seu personagem mais amado. O Vampiro Lestat é um livro de cabeceira, ideal para ser lido em qualquer época por qualquer leitor.

Editora: Rocco 
ISBN:  8532509762
Gênero: Fantasia/Ficção
Páginas: 467
Adicione: Skoob
Minha avaliação: ★★★★★

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Golda mehir março 9, 2018

    Adoro as crônicas vampiresca de Anne Rice, e como você disse e um livro de cabeceira. Estou lendo ele agora é estou na metade e é fantástico a escrita, a historia, tudo.
    Eu vi o filme uma vez quando eu era criança e gostei muito do filme fiquei muito bestificada com a historia com Louis, agora lembrei do filme que vi e procurei para ver novamente e acabei descobrindo que foi baseado no livro desta autora e que era o primeiro de uma série de livros, já estou com a ” a rainha dos condenados” vou ler todos da serie.

    Ps: adorei sua resenha espero que ainda escreva nesse blog pois só descobri ele agora.

  • Bárbara janeiro 28, 2015

    Olá, Raonny! Adorei o blog e a resenha!
    Uma hora dessas preciso tomar vergonha na cara e ler Anne Rice, já li tantos elogios sobre a obra dela! E eu gosto muito do filme Entrevista com o vampiro, mas antes da sua resenha não tinha noção da profundidade das obras dela. Tá na minha lista!
    http://www.blogsemserifa.com

    • Raonny Bryan Metzker janeiro 28, 2015

      Eu também gosto do filme, mas… É o típico filme que poderia ter sido BEM melhor. Lendo o livro (O Entrevista) dá para perceber inúmeras diferenças. Um dos meus sonhos é que eles refizessem todo o livro ou então transformasse em uma série de tv ou da internet mesmo. Há tanta coisa maravilhosa e rica nas obras dela! Isso aí! Leia pelo menos um livro dela neste ano! Espero que goste!

  • Isac Moura janeiro 26, 2015

    Ainda não conhecia os livros da Anne (talvez eu esteja muito por fora kk), mas esta resenha me deixou com uma vontade imensa de pesquisar sobre seus livros (e comprá-los mais ainda), me deixou bastante curioso, ainda mais quando li algumas passagens do livro aqui. Parabéns pela resenha!

    • Raonny Bryan Metzker janeiro 28, 2015

      Fico feliz que a minha resenha tenha te agradado e que você está decidido a ler Anne Rice. Acho que você pode gostar e muito dos livros, qualquer um. Ela escreve de um jeito que encanta mesmo! *-*

  • Talita Becalli janeiro 24, 2015

    Sempre tive curiosidade por esse livro, até por ter visto o filme, mas não é tão fácil de encontrar. Ainda não peguei nenhum livro da Anne Rice para ler. Que sabe um dia. Adorei sua descrição do livro e as fotos ficaram maravilhosas. <3
    Bem vindo ao Nuvem.

    • Raonny Bryan Metzker janeiro 24, 2015

      Eu garanto que você vai gostar da forma como ela escreve. Os personagens dela são muito atraentes. Tudo o que ela já escreveu vale a pena. Se for muito difícil para você encontrar este livro nas livrarias tente achá-lo em sebos ou pedir diretamente no site da editora Rocco. Leia qualquer série dela. Acredito que você vá gostar. Obrigado pelas palavras!

  • Luiza Silva janeiro 23, 2015

    Esse livro (e essa coleção) é linda em todas as maneiras que um livro e uma coleção consegue ser. A narração é envolvente e Lestat é um diabinho ganancioso que não sucega enquanto não consegue tudo o que quer, mesmo que isso o faça sofrer. Não tem como não gostar dele.
    Anne Rice minha autora favorita ever! :3

    • Raonny Bryan Metzker janeiro 24, 2015

      Ela também é a minha escritora predileta! Ela narra muito bem! Nunca li nada dela que fosse ruim. Até sobre Jesus Cristo ela já escreveu e também mandou muito bem! Qualquer obra dela vale a pena ♥

  • Raquel Moritz janeiro 23, 2015

    SIIMMM, concordo! A Anne Rice é a Rainha dos Vampiros, cara. Ela escreve muito bem sobre esse mito monstro. Gosto tbm do Bram Stoker. Mas vou te contar: minha história favorita de vampiros é Crepúsculo, BRINCADEIRA TO BRINCANDO PERAI, na verdade é Carmilla. É um conto adorável, sou apaixonada por ele. Leia quando puder.

    Bjs

    • Raonny Bryan Metzker janeiro 24, 2015

      Raquel, nunca ouvi falar em Carmilla, mas com certeza vou ler! Tenho Drácula do Bram Stoker e quero muito ler, apenas vi o filme estrelado pelo Gary Oldman. Sabia que existe uma sequência de Drácula criada pelo sobrinho-bisneto do Bram? Ele escreveu o livro em parceria com um pesquisador super fã de Drácula. O livro se chama DRÁCULA – O MORTO-VIVO. [Risos] A gente sabe que há histórias de vampiros ótimas, mas que não haviam ganhado tanto destaque quando Crepúsculo surgiu. Essa série deu uma reavivada no mundo vampiresco, o que é muito bom! Mas o mundo da Anne Rice, para mim, é o mais perfeito. =*